fbpx

temas sobre a gravidez

mulher grávida

11 respostas acertadas para quem quer ser mãe aos 35 anos

Ser mãe a partir dos 35 anos significa que vou ter uma gravidez de risco? Devo seguir os mesmos conselhos dados às mamãs mais jovens? Ou tenho que fazer algo de diferente? Que riscos vou ter de superar se quero ser mãe e tenho quase 40 anos? Neste artigo respondemos a todas estas perguntas e a muitas mais!

Ser mãe aos 35 anos

Perguntas e respostas para as futuras mamãs com mais de 35 anos

Tens mais de 35 anos e queres ficar grávida? Então, seguramente que estas dúvidas estão a passar pela tua mente, por mais decidida que estejas quanto a tornares-te mãe. Por isso, neste artigo queremos responder a todas essas dúvidas de um modo muito simples e claro.

E como? Através de 11 perguntas diretas e 11 respostas simples para esclarecer todas as tuas dúvidas.

Ser mamã a partir dos 35 anos significa ter uma gravidez de risco?

No campo médico tradicional, fala-se de uma gravidez de risco quando as mamãs têm mais de 35 anos. Contudo, muitos consideram que essa definição é um pouco antiquada.

concevit

A verdade é que os exames médicos foram avançando muito e ser mãe nesta idade já não é um sinónimo de ter uma gravidez complicada. Sim, é verdade que os riscos aumentam, mas cada vez mais há mães com mais de 35 anos com bebés perfeitamente saudáveis.

Quais são os riscos que aumentam nas grávidas com mais de 35 anos?

Embora possas ter uma gravidez totalmente normal se tiveres um controlo médico adequado, sem faltar às consultas médicas com os diferentes especialistas — e apesar de não haver razões para que alguma coisa possa correr mal —  não se pode negar que há certos riscos que aumentam quando se é mamã nesta idade. O mais importante é conhecer esses riscos, compreendê-los e controlá-los com a ajuda do teu médico.

Se vais ser mãe e tens mais de 35 anos, estes são os problemas com que tens mais probabilidade de te deparar, antes ou durante a gravidez:

consulta com o ginecologista
  • Menos probabilidades de conceber tão rapidamente — provavelmente vais demorar mais tempo do que as mamãs mais jovens;
  • Problemas de saúde associados à gestação, como diabetes gestacional;
  • Um aborto espontâneo;
  • Anomalias nos cromossomas do bebé, como a Síndrome de Down;
  • Um nascimento prematuro;
  • Mais probabilidades de teres um parto por cesariana.

Podem travar-se os riscos?

A medicina avança a uma grande velocidade e, atualmente, podes fazer um diagnóstico pré-natal — que tem, aliás, especial importância no caso de quereres ser mãe a partir dos 35 anos. O diagnóstico pré-natal consiste num conjunto de exames médicos realizados nas primeiras fases da gravidez.

diagnóstico prenatal

Se decidires fazer um diagnóstico pré-natal, podes evitar riscos desnecessários tanto para ti como para o teu bebé. Além disso, acabas por facilitar o trabalho da equipa médica durante o nascimento do teu bebé, já que, deste modo, os profissionais médicos têm conhecimento da tua história clínica e acompanham todos os passos da tua gravidez antes do parto.

Com este acompanhamento, é também possível detetar anomalias no feto e, eventualmente, realizar tratamentos intrauterinos indicados para alguns defeitos congénitos.

Será especialmente difícil engravidar se tiver mais de 35 anos?

Os estudos indicam que a fertilidade diminui à medida que vamos ficando mais perto dos 40 anos. É verdade que todo o nosso corpo vai envelhecendo e os óvulos não são exceção. Contudo, não somos todas iguais, e temos, aliás, grandes diferenças individuais.

E se podemos afirmar que, estatisticamente, vais demorar mais tempo a engravidar se passares dos 35 anos, também te dizemos que a fertilidade depende de outros fatores, como a saúde física e mental.

Não deves também esquecer que a fertilidade não é só responsabilidade tua, mas sim de ambos, ou seja, do casal. Se pretendes ter um bebé com o teu companheiro, deves saber que a fertilidade masculina também vai ficando mais reduzida com a idade, pelo que é fundamental que também ele vá ao médico para que possa fazer exames de fertilidade e, assim, poder descartar eventuais problemas.

É pouco habitual ser mãe a partir dos 35 anos?

Não, é cada vez mais comum. A idade média para ter filhos aumenta ano após ano, e cada vez é mais comum que as mulheres decidam esperar por se sentirem mais maduras, tanto a nível pessoal como profissional. Muitas mulheres querem ter filhos numa idade mais avançada, mas antes dos 40 anos. Contudo, há mil e uma situações que justificam a grande diversidade de mamãs!

uma mulher com os seus 2 filhos

Tento e volto a tentar mas não consigo engravidar! Porquê?

Se já passou um ano desde que começaste a tentar engravidar e o resultado positivo ainda não chegou, a primeira coisa que deves fazer é ir ao teu médico para que possas fazer os exames necessários para analisar a tua fertilidade.

Mas não te preocupes porque este não é o fim do caminho. Se não consegues ficar grávida por método natural, ou se não tiveres um companheiro e decidires ser mãe solteira, podes planear uma reprodução assistida. Existem muitos métodos que podem ajudar-te a engravidar.

Quais são os benefícios de ser mãe a partir dos 35 anos?

Ser mãe numa idade avançada pode levar a alguns riscos, como já dissemos, mas também tem os seus benefícios — pelo menos a um nível psicológico e emocional.

Os 35-40 anos são uma fase mais relaxada da vida da mulher, já que tens as ideias mais claras e sabes quais são as tuas prioridades. Por isso, as mulheres que decidem engravidar com esta idade planificam a sua gravidez com mais detalhe. Além do mais, nesta etapa é mais habitual ter melhores condições monetárias e laborais, e o nível de stress aliado à ideia de ser mãe é menor.

Tens outras razões para ser mamã nesta idade? Conta-nos tudo nos comentários! 

coidados na gravidez aos 40 anos

Recomendações para as futuras mamãs que têm mais de 35 anos

Aqui listamos uma série de conselhos para que tenhas uma gravidez saudável, se tens mais de 35 anos. As bases são mais ou menos as mesmas para qualquer outra gravidez de qualquer idade, já que o mais importante é que te mantenhas ativa, saudável, relaxada e feliz!

A tua alimentação é essencial para uma gravidez saudável

Não nos cansamos de dizer que a alimentação é muito importante para uma gravidez saudável. Durante as fases seguintes da gravidez, como a pré-conceção, a gestação e a posterior amamentação, os níveis nutricionais vão ser mais exigentes que nunca: não pode faltar-nos nada!

Nunca te esqueças que, quando o feto esta dentro da tua barriga, alimenta-se de ti, e o seu desenvolvimento depende do que ingerires. Além de ser importante para o bebé, é também importante para ti — já que comer bem vai garantir que mantenhas um peso saudável. Na verdade, a alimentação é tão fundamental para uma gravidez bem sucedida que a fertilidade pode diminuir se tiveres peso a mais ou, por outro lado, um peso abaixo do recomendável.

Completa a tua dieta com um suplemento alimentar específico para esta fase

O teu organismo necessita de mais quantidades de vitaminas e de nutrientes na hora de engravidar e durante a gravidez.

Entre outros nutrientes, vitaminas e minerais essenciais destacam-se o ácido fólico, o ómega 3, o iodo e o zinco. Certifica-te que complementas a tua dieta com um suplemento alimentar que possa trazer-te os constituintes de que necessitas — já que não é fácil ter níveis satisfatórios de certos nutrientes apenas através da alimentação e níveis baixos de determinados nutrientes podem levar a futuras complicações na saúde da mamã e no crescimento do bebé.

O exercício é fundamental no teu dia a dia

Antes, durante e depois da gravidez, é importante manteres-te ativa, para não ganhares mais peso do que o aconselhável. Deste modo, manténs-te flexível e ágil e não perdes massa muscular — preparando-te, também, para quando tiveres, no futuro, de correr atrás da tua criança!

o exercício diário é essencial na gravidez

O importante é que faças atividade física todos os dias. Porém, nesta etapa, não deves levantar pesos, fazer aulas muito pesadas no ginásio ou exercícios particularmente intensos. O mais conveniente nesta altura é uma média de uma hora de exercício moderado, diariamente.

Não percas nenhuma consulta 

Se tens quase 40 anos ou até mais, podes ter uma gravidez normal e saudável, mas deves ir a todas as consultas médicas religiosamente — já que todas elas são importantes para ver e analisar a evolução da tua gravidez.

gravidez

Escolhe o melhor aliado para esta aventura

Queres ser mamã a partir dos 35 anos? Então é fundamental que prepares o teu corpo a nível nutricional para receber todas essas futuras mudanças hormonais.

A gravidez implica mudanças no teu corpo — que tem de estar preparado para gerar e manter uma nova vida dentro dele.

No momento em que engravidares, a energia do teu corpo começará a distribuir-se entre as funções habituais e necessárias para criar um ser humano. E tudo desde o zero! Sabes como podes preparar o teu corpo para uma futura gravidez?

Começa a complementar a tua dieta com um suplemento alimentar para pôr todos os nutrientes de que precisas à disposição do teu organismo: Concevit!

opiniaogravidez

Concevit é o suplemento alimentar mais completo, com folato (ácido fólico de absorção direta), ferro, iodo, zinco, DHA, ómega 3 e muitas outras vitaminas necessárias para conseguires uma gravidez.

Queres começar a planear uma gravidez saudável? Junta-te à nossa família Concevit! Estamos aqui para resolver todas as tuas dúvidas durante esta grande aventura!

Prepara a tua gravidez

Se gostaste deste artigo, podes seguir-nos no Facebook e no Instagram.

Conteúdo revisto pela equipa de nutricionistas dos Laboratórios Niam. Este artigo é informativo e não substitui a consulta a um médico ou especialista.

  • Outros artigos
Laboratórios Niam Shop manager
Equipa de redação dos Laboratórios Niam

Somos um laboratório fundado em 2014, com o objetivo de contribuir para o bem-estar das pessoas através de produtos 100% naturais de alta qualidade e avaliados por milhares de clientes.

Nossa equipa de profissionais, altamente capacitados, possuem uma larga experiência na criação e distribuição de produtos que melhoram o dia a dia de milhares de pessoas de forma natural.

Máis info sobre: Laboratórios Niam
Youtube: Laboratórios Niam

Concevit® é o suplemento alimentar mais completo para futuras mães. Ajuda a atingir os níveis de nutrientes e de vitaminas ideais se estiver à procura de engravidar.

Imagem redonda positivo Concevit

Conheça as histórias fascinantes de outras futuras mamãs que conseguiram alcançar o seu positivo com Concevit®

Ler histórias de sucesso

Onde posso encomendar concevit®?

Imagen Concevit caixa comprimidos
COMPRAR ONLINE

Pela compra de 2 caixas, o envio é grátis

300 509 108

De segunda a sexta-feira das 8 ás 16h (telefone fixo nacional)

NA SUA FARMÁCIA
Solicita Concevit® com:
  • nome do produto 
  • Se não encontra o produto desejado na sua farmácia de confiança, lembre que o farmacêutico pode encomendá-lo com o Código Nacional Português: 6356949.
Se não consegue encontrar o suplemento nas farmácias da sua área, escreva um email a: consultas@laboratoriosniam.com.

opiniões verificadas CONCEVIT®

Opiniões de clientes sobre Concevit® Gravidez

A classificação média é 4.5

Baseado em 34 opiniões

26
3
2
2
1
As avaliações são verificadas por
31 / 05 / 2021
Parece ser bastante completo, no entanto é pena dar apenas para 20 dias. Acaba por ficar um pouco caro.
Laboratórios Niam respondeu o 02 / 06 / 2021
Olá, lamentamos que aches caro . O preço do produto é calculado com base no custo de seus ingredientes, que nos diferenciam da concorrência e o tornam um suplemento alimentar muito mais completo. Cumprimentos.
15 / 03 / 2021
É pela terceira vez que compro e estou bastante satisfeita e dou-te muito bem. Recomendo vivamente
12 / 03 / 2021
Excelente produto! Recomendo
Veja mais opiniões
Fechar opiniões
Cargando comentarios

temas sobre a gravidez

AS NOSSAS REDES SOCIAIS

CONCEVIT

4 comentários em “11 respostas acertadas para quem quer ser mãe aos 35 anos

  1. Sofia diz:

    Olá..
    Estou a tentar engravidar..
    Mas a menstruação só vem tomando a pílula. Tenho 38 anos. Fiz um uns exames ao sangue onde estão normais..
    Alguém me poderá ajudar vá ter a menstruação. Aconselham algo?
    Obrigada

    • Laboratorios NIAM diz:

      Olá, bom dia Sofia.

      Lamentamos toda essa situação.

      A menstruação parca, irregular ou mesmo ausente como no teu caso é um dos sintomas da anovulação por desequilíbrio hormonal.
      Podes ler mais sobre este assunto neste artigo: https://laboratoriosniam.com/pt/anovulacao/.

      No entanto, a anovulação também pode ser causada por certos distúrbios como excesso de peso e obesidade, perturbações ao nível da tiroide, síndrome dos Ovários Poliquísticos (SOP) ou outras enfermidades.

      Além disso, há ainda certos estilos de vida que podem potenciar a anovulação e, consequentemente, provocar a infertilidade feminina tais como uma má alimentação, consumo de tabaco e álcool, falta de exercício físico e má qualidade de sono.

      A Síndrome dos Ovários Poliquísticos (SOP), que consiste num distúrbio hormonal caraterizado pela formação de quistos nos ovários, é uma das principais causas das menstruações anovulatórias.

      Quando uma mulher em idade fértil sofre de SOP um dos sintomas mais frequentes é a menstruação irregular e, em casos mais extremos, a ausência de menstruação, normalmente sinal de anovulação.

      Felizmente, além de existirem tratamentos médicos e opções de vida saudável que te podem ajudar a combater este problema, existe também um suplemento natural (https://laboratoriosniam.com/pt/produto/pcos-ovario-poliquistico/)

      Recomendamos que consultes o teu ginecologista para avaliar o teu sistema reprodutor e despistar algum problema como a anolvulação ou qualquer uma das enfermidades que a causam.

      Cumprimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Concevit para uma gravidez saudável