fbpx

SOP E A RESISTÊNCIA À INSULINA: DIETA E ALIMENTOS PARA CUIDAR DE SI

Nutricionista Letícia

Se tem SOP e não sabe o que é a resistência à insulina, é importante que leia este artigo, onde a nutricionista Letícia Gonçalves, explica o seu significado e que alimentação deve ter em conta para cuidar de si!

O que é a resistência à insulina?

A resistência à insulina (RI) é caracterizada por uma diminuição da sensibilidade à insulina nos tecidos corporais isto é, as células do corpo deixam de responder a esta hormona e têm dificuldade para absorver a glicose do sangue. Desta forma há uma maior estimulação de produção de insulina no corpo, aumentando assim, os níveis deste no sangue.

Há uma relação entre SOP e RI?

A resposta é sim! A síndrome de ovários poliquísticos (SOP), é um dos distúrbios endócrinos mais comuns em mulheres de idade fértil e está associada a risco aumentado de complicações como a diabetes e doenças cardiovasculares (DCV), a longo prazo.

Segundo alguns estudos, no geral 75% das mulheres com peso normal e 95% com excesso de peso e obesidade, apresentam SOP e resistência à insulina, dado que ambas estão associadas.

Que exame pode ser realizado para ser diagnosticada?

O diagnóstico da resistência à insulina, é feito de acordo com a avaliação clínica, segundo diversos fatores, pois não existe ainda, um teste específico que faça diretamente este diagnóstico.

produto PCOS

Existem vários exames que são avaliados clinicamente, tais como o Exame de glicose em jejum, o Teste oral de intolerância à glicose (TOTG), o perfil lipídico e os níveis de insulina em jejum.

  • Exame de glicose em jejum: Exame feito com 8 a 12 horas de jejum, sendo recolhida uma amostra de sangue.
    o Valores de referência:
    o Normal: inferior a 99 mg/dL;
    o Resistência à insulina: entre 100 mg/dL e 125 mg/dL;
  • Teste oral de intolerância à glicose (TOTG): exame feito através da medição do valor da glicose no sangue antes e após a ingestão de cerca de 75 g de um líquido açucarado. O teste oral de tolerância à glicose costuma ser solicitado somente quando o exame de glicose em jejum está alterado. A interpretação desse exame pode ser feita 2 horas após a ingestão do líquido, da seguinte forma:
    o Valor normal: até 140 mg/dl;
    o Resistência à insulina: entre 140 e 199 mg/dl;
  • Perfil Lipídico: Níveis aumentados de triglicéridos, glicose e colesterol LDL, e baixos níveis de HDL, podem mostrar também que pode existir uma resistência à insulina.
  • Níveis de insulina em jejum: Em geral os nível de insulina em jejum estão aumentados quando existe uma resistência à insulina. Para esta medição pode ser usado o modelo HOMA, que é uma medida que ajuda a avaliar a resistência à insulina (HOMA-IR) e as funções do pâncreas (HOMA-Beta).

Dieta para quem tem RI

A alteração do estilo de vida deve ser o foco principal para o tratamento da RI.
As evidências mostram que as dietas DASH (Dietary Approaches to Stop Hypertension) e mediterrânica, são benéficas para a melhoria da resistência à insulina, regulando assim o metabolismo, controlando melhorar o peso corporal e prevenindo o aparecimento de complicações.

Para além disso, uma alimentação com o consumo de alimentos de baixo índice glicémico e ricos em fibras, ajudam no controlo glicémico e consequentemente nesta RI.

Alimentos recomendados

É recomendado substituir alimentos refinados, como o pão branco e industrial, o arroz branco, a farinha branca refinada por alimentos integrais tais como:

  • Pão integral
  • Farinhas integrais (centeio, trigo integral, arroz integral, aveia, entre outros)
  • Arroz integral

Preferir frutas com menor índice glicémico tais como:

  • Kiwi
  • Morangos
  • Ananás ou abacaxi
  • Maçã
  • Pêra
  • Mirtilos
  • Papaia ou mamão
  • Laranja, tangerina e clementinas

Consumir alimentos ricos em fibras tais como:

  • Leguminosas (feijão, grão, ervilhas, milho, entre outras)
  • Cereais e farinhas integrais (aveia, arroz integral, centeio, etc)
  • Vegetais
  • Frutas

Consumir frutos oleaginosos tais como:

  • Nozes
  • Amêndoas
  • Avelãs

Evitar consumo de carnes vermelhas e processadas, como:

  • Vaca
  • Porco
  • Fiambre
  • Salsichas
  • Chouriço
  • Carne enlatada
resistência à insulina

Evite alimentos ultraprocessados:

  • Adoçantes artificias
  • Produtos instantâneos (sopas em pó, caldos e temperos)
  • Gomas
  • Bolos
  • Cereais açucarados
  • Barras de cereais
  • Bolachas
  • Refrigerantes
  • Enlatados
  • Salgados
  • Refeições pré-feitas e embaladas

Evite o consumo de álcool.

Como tratar a RI?

O tratamento da resistência à insulina passa, por intervenções farmacológicas, não farmacológicas e/ou cirúrgicas, quando necessário. A alteração de estilos de vida, é fundamental para o controlo e a melhoria da resistência à insulina, no entanto, existem alguns medicamentos, que auxiliam na redução desta resistência.

Opinião PCOS

É fundamental a intervenção o mais precocemente possível, para que se possa prevenir o aparecimento de outras complicações, como a diabetes mellitus tipo 2, dado que indivíduos com resistência à insulina, tentem a longo prazo, desenvolver esta patologia.

________________________________________________________________________________________________________________

Este artigo foi útil para si? Ainda tem alguma dúvida? Deixe um comentário, ou entre em contato connosco através do nosso Facebook ou Instagram.

5 2 votes
Classificar o artigo
  • Artigos
Nutricionista – 5109N

Letícia Gonçalves é nutricionista com principal área de atuação em emagrecimento e com formação em coaching.

Instagram: @leticiagoncalves_nutri

Web: www.habituscc.com

FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Estudo: Nutricionista certificada em Coaching e com experiência em Emagrecimento.

Curso: Licenciada em Dietética e Nutrição pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde, Lisboa

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Atualmente está inserida no projeto Habitus, onde realiza consultas de nutrição presenciais e online, com a nutricionista Mariana Freitas.

Recentemente também se encontra a dar consultas presenciais na Cligenus de Portimão.

logo Laboratorios Niam

Somos um laboratório fundado em 2014, com o objetivo de contribuir para o bem-estar das pessoas através de produtos 100% naturais de alta qualidade e avaliados por milhares de clientes.

Nossa equipa de profissionais, altamente capacitados, possuem uma larga experiência na criação e distribuição de produtos que melhoram o dia a dia de milhares de pessoas de forma natural.

COMO POSSO ENCOMENDAR PCOS®?

Online 300 509 108

cruz farmaciaNa sua farmácia com o Código Nacional Português: 6283283

*De segunda a sexta-feira das 8 às 16h (telefone fixo nacional)

Banner Pcos circulo
Ativar notificações
Notificar se
guest
0 Comentários
Feedback em linha
Ver todos os comentários