fbpx Dieta FODMAP: para reduzir os sintomas do intestino irritável (SII)

Dieta FODMAP: para reduzir os sintomas do intestino irritável (SII)

Maria Benedito - Especialistas Laboratórios Niam

A Dieta FODMAP pode ajudar nos sintomas do intestino irritável (SII) e estes podem ter inúmeras causas como o stress, desequilíbrio hormonal, sensibilidades ambientais, ou a alimentação e geralmente é desencadeada por uma infeção que causa inflamação nos tecidos mucosos do intestino e provoca um desequilíbrio da macrobiota intestinal.

E tem como sintomas mais comuns:

  • Dor abdominal;
  • Flatulência;
  • Obstipação e/ou diarreia;
  • Distensão abdominal;
  • Aumento da sensibilidade intestinal;
  • Cólicas;
  • Sensação de enfartamento.

Muitos destes sintomas começam na adolescência e são mais frequentes em mulheres, o que não quer dizer que não apareçam noutras idades.

Não existe tratamento que cure, mas adequar o consumo de água, prática de exercício físico, técnicas de meditação e relaxamento podem aliviar muitos dos sintomas assim como o suplemento alimentar Emitium Intestinal.

O que é a dieta FODMAP?

Uma dieta pobre em FODMAP que quer dizer fermentável, oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e polióis, também ajuda a diminuir os sintomas da Síndrome do intestino irritável.

FODMAP são um grupo de hidratos de carbono de cadeia curta que são fermentáveis e pouco absorvidos no intestino delgado, passando para o intestino grosso onde alimentam a flora intestinal mostrando-se fermentáveis por bactérias que produzem gases, provocando flatulência, distensão abdominal e dor, como no intestino grosso aumentam a retenção de líquidos acabam por provocar também cólicas.

Como seguir uma dieta baixa em FODMAPs?

Os FODMAP estão naturalmente presentes em alguns alimentos que fazem parte da rotina alimentar e como não são bem digeridos dificultam a sua absorção e provocam os desconfortos tão característicos do SII.

F – Amidos e açúcares que fermentam no cólon, criando acumulação de gás e fluidos; estão presentes nas bolachas, bolos e cereais de pequeno-almoço.

O – Açucares indigestos conhecidos como fructanos e galactanos, que se encontram no alho, cebola, alho francês, centeio, trigo, beterraba, melancia, beterraba, espargos, chicória, grão, lentilhas, feijão, ervilhas e grãos de soja.

D – Lactose, açúcar que se encontra em lacticínios. Leite, iogurtes, natas, gelados e queijos.

M – Excesso de glicose e frutose presentes no mel, agave, xarope de milho, em frutas como maçã, pera, manga, frutas cristalizadas e sumos de fruta.

A – e (and)

P – Açucares reduzidos como o xilitol, manitol, sorbitol, maçãs, damascos, pêssego, ameixas, cerejas, abacate e cogumelos.

Estes são apenas alguns exemplos de alimentos que contêm FODMAPs.

Quais são as 3 fases da dieta FODMAP?

Esta é uma dieta que passa por 3 fases: a eliminação, reintrodução e adaptação.

Eliminação
A primeira fase é a mais restritiva porque se tem que retirar todos os alimentos que são ricos em FODMAPs. Esta fase pode durar de 2 a 6 semanas até que estejam reduzidos e controlados os sintomas.
É a fase mais complicada porque os alimentos disponíveis são poucos e é aqui que a ajuda do nutricionista pode ser fundamental, ensinando truques, arranjando alternativas e até mesmo receitas que ajudam a ter uma dieta mais variada e a ganhar novos hábitos alimentares.

Reintrodução
Agora é altura de perceber qual ou quais os FODMAPs e em que quantidades lhe provocam sintomas e até onde consegue tolerar estes hidratos de carbono.
A cada 3 dias deve-se introduzir um alimento que foi retirado na primeira fase. Deve escolher apenas alimentos de um grupo e durante estes dias vai aumentando a sua dose.
Deve ficar muito atento, caso tenha sintomas moderados ou severos para com a introdução desse alimento, esperar que os sintomas passem e voltar a introduzir outro alimento.
Esta fase pode demorar algum tempo, mas só assim vai perceber o que não pode comer e o que pode fazer parte da sua alimentação sem lhe fazer mal.

Adaptação
Sabendo quais os alimentos que lhe fazem mal e em que quantidades é mais fácil de adaptar a sua alimentação e viver sem sintomas.

Não é uma dieta fácil, mas vai valer o esforço porque vai conseguir reduzir ou até eliminar os sintomas do SII.

Aproveite e veja também, o direto realizado no instagram com a Nutricionista Mária Benedito:

  • Artigos
imagem do autor
Nutricionista 2845N

Licenciada em Ciências da nutrição com pós-graduação na área clínica, trabalha há cerca de uma década com emagrecimento de mulheres que tantas vezes trazem problemas gastrointestinais, entre eles o SII.

Gosta do emagrecimento pelas transformações alimentares que conseguem fazer. Gosta de pessoas focadas em objetivos e exige isso a quem faça dietas. Nas redes sociais partilha informações sobre nutrição e alimentação ajudando mulheres a atingir os seus objetivos.

Facebook: À Roda com os Alimentos
Instagram: @maria_benedito.nutricionista

FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Estudo: Licenciada em Ciências da Nutrição Instituto Piaget, com pós-graduação em nutrição clínica

Curso e especialidade: Universidade Autónoma de Lisboa e pós-graduação em nutrição em pediátrica - Universidade Católica - Instituto de Ciências da Saúde, Lisboa,

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Atualmente trabalha por conta própria.

Outras clínicas ou hospitais que trabalhou anteriormente: Clínica Psidescoberta na Quinta do Conde, Slim7 Corroios.

PARTICIPAÇÕES EM CONGRESSOS

- Palestrante - III congresso internacional de naturopatia e fitoterapia 2019, com o tema - Alimentação e saúde cardiovascular

- Congresso Nacional de Saúde Pública 2014 - Poster Projeto Gericão - ou como melhorar a satisfação com a vida através da alimentação ?, co-autora Mária Benedito.

Facebook: À Roda com os Alimentos
Instagram: @maria_benedito.nutricionista

Somos um laboratório fundado em 2014, com o objetivo de contribuir para o bem-estar das pessoas através de produtos 100% naturais de alta qualidade e avaliados por milhares de clientes.

Nossa equipa de profissionais, altamente capacitados, possuem uma larga experiência na criação e distribuição de produtos que melhoram o dia a dia de milhares de pessoas de forma natural.

COMO POSSO ENCOMENDAR EMITIUM® INTESTINAL?

Online 300 509 108

cruz farmaciaNa sua farmácia com o Código Nacional Português: 6636951

*De segunda a sexta-feira das 8 às 16h (telefone fixo nacional)

EMITIUM Intestinal - Laboratórios Niam

Um comentário “Dieta FODMAP: para reduzir os sintomas do intestino irritável (SII)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.