fbpx Como controlar a ansiedade de forma natural?

Sintomas de um ataque ou crise de ansiedade: como controlar a ansiedade e como combatê-la naturalmente

Laboratórios NIAM

A ansiedade é caraterizada como um estado emocional desagradável, muitas vezes associado às expetativas do indivíduo para com um evento futuro.
E numa época em que os problemas associados à saúde mental estão cada vez mais em evidência, é importante salientar as ligações que ela estabelece com o nosso corpo humano.

Sintomas de um ataque de ansiedade

A ansiedade pode manifestar-se de forma emocional assim como fisicamente e quando estes sentimentos atingem o seu pico, designa-se por ataque de ansiedade ou ataque de pânico.
Os sintomas emocionais podem variar de pessoa para pessoa, mas destacamos alguns destes sintomas:

  • preocupação constante,
  • cansaço,
  • irritabilidade,
  • agitação,
  • pensamentos negativos,
  • medos e pânico,
  • problemas de concentração e insónia

Estes sintomas emocionais muitas vezes se tornam em sintomas físicos, porque embora possa não parecer, estes pensamentos/sentimentos afetam todas as partes do seu corpo.

Sintomas físicos de um ataque/crise de ansiedade

Como referimos anteriormente, a ansiedade também se manifesta fisicamente, cada pessoa convive com este transtorno à sua maneira e muitas pessoas até conseguem entender o porquê da sua ansiedade, estar atento aos pequenos sinais é fundamental.
Os sintomas físicos mais comuns são:

  • Desconforto no estômago
    A ansiedade ataca o sistema nervoso, por isso é natural que o estômago seja uma das áreas mais afetadas.
    Pode sentir dor no estômago, enjoo, desconforto ou até diarreia. Muitos estudos relacionam o cérebro ao intestino, como iremos abordar mais à frente neste artigo.
  • Dificuldade em engolir: sensação de asfixia
    Para algumas pessoas, os sintomas físicos da ansiedade estão concentrados na área da garganta: incapacidade de engolir, respirar ou respirar normalmente. Algo como uma sensação desagradável de asfixia.
    Muitos o descrevem como um caroço na garganta devido à ansiedade que dificulta a ingestão, causa desconforto e aumenta os níveis de ansiedade ao sentir dificuldade em respirar e respirar suavemente.
  • Aperto e dor no peito e nas costas
    A dor no peito causada pela ansiedade faz com que muitas pessoas entrem em pânico porque pensam que podem estar a sentir um problema cardíaco.
    Felizmente, a ansiedade não mata, na verdade, apenas o faz ter um enorme susto. A pressão no peito é uma resposta de pânico repentina, mas é completamente inofensiva. Outros sintomas associados são as chamadas “facadas” no peito que devido à ansiedade, podem causar dor e muito medo.
    Nestes casos, sugerimos que se concentre na respiração e aos poucos esta sensação irá melhorar.
  • Taquicardias e pressão no peito
    A ansiedade causa uma dose enorme de adrenalina que pode causar um enorme aumento na frequência cardíaca.
    As taquicardias são um dos sintomas “mais psicossomáticos”, ou seja, quanto mais medo tiver, mais tempo irá sentir esta sensação. A pressão no peito, devido à ansiedade, é um círculo vicioso e que só consegue superar com um grande esforço de autocontrole: respire fundo e a taquicardia diminuirá.
  • Boca seca e pastosa
    Se tem ansiedade, pode reconhecer esta sensação pegajosa na boca, como se tivesse acabado de correr uma maratona sem beber uma gota de água. É desagradável, mas para melhorar tente beber pequenos goles de água e praticar alguns exercícios respiratórios.
  • Formigueiro no corpo e no rosto
    O formigueiro no rosto devido à ansiedade é bastante comum, também pode ocorrer nos pés, pernas, mãos e braços. Algumas pessoas relacionam a uma espécie de dormência, acompanhada de muito suor e aumento das palpitações.
  • Tremores de ansiedade
    Calafrios de ansiedade são a resposta do seu corpo ao medo e ao stress. Estes podem ocorrer em todo o corpo ou em certas áreas localizadas, como mãos, lábios, peito ou pescoço.

Se sentir estes tipos de sintomas, aconselhamos que seja visto por um médico para que descarte qualquer outra causa.

Ataque de ansiedade: Como controlar, acalmar e combater a ansiedade e o nervosismo?

Para melhorar estes ataques de ansiedade, recomendamos que:

Aceite o que o seu corpo está a querer “dizer”
Muitas vezes estes ataques ocorrem porque teve um pensamento, causado por uma situação que não gosta, e o seu sistema nervoso foi ativado para tentar protegê-lo desse pensamento. Tente perceber qual foi esse pensamento e porque teve esse pensamento.

Regule a sua respiração
Respire fundo pelo nariz contando até 4, segure o ar nos pulmões por mais 4 segundos e expire lentamente pela boca contando até 4 novamente. Repita este exercício por alguns minutos.

Gestão cognitiva
Coloque o foco nesse pensamento, e lembre-se que não deve alimentar os cenários mais catastróficos. Os sintomas de um ataque de ansiedade são inofensivos e temporários, por isso é importante não acreditar em tudo o que a sua mente lhe diz.

Distrair-se
Se estiver longe de casa, preste atenção ao que está ao seu redor, fazendo uma descrição mental de tudo o que vê da esquerda para a direita.
Se está em casa tem mais espaço: beba água, molhe o rosto e o pescoço com água fria, coloque a sua música favorita, etc.

Estas dicas ajudaram a acalmar os sintomas de um ataque de ansiedade, mas é importante que mais tarde tente descobrir qual foi a situação que originou este ataque, se necessário procure apoio psicológico, a ajuda de um profissional é fundamental.

Lembre-se de que somos pessoas, não máquinas, cuide de si!

Dicas para diminuir/controlar a ansiedade no dentista, ao comer e para a ansiedade social

O medo intenso, causado pela ansiedade, é uma das mais debilitantes e agonizantes experiências emocionais humanas, mas também uma das emoções mais necessárias e adaptativas, pois é este sentimento que nos dá força motivacional para evitar os perigos.

dor no peito

Ansiedade no dentista

Alguns estudos, em populações adultas, de diferentes países, apontam para um aumento de 5 a 15% de ansiedade dentária (odontológica) ou/e medo de dentista (odontofobia) e afirmam que 6% da população mundial evita completamente a consulta de medicina dentária, recorrendo a tratamentos apenas após o aparecimento de sintomas.
Experimente aplicar algumas destas dicas para combater o medo de ir ao dentista:

  • Marcar a consulta para a primeira hora da manhã
    Assim, tem menos tempo para pensar na sua fobia e não passa o dia ansioso.
  • Consulta curta
    Poderá ser uma revisão ou uma limpeza e poderá aproveitar este momento para conhecer o dentista e ganhar alguma confiança. Assim estará mais calmo e se sentirá mais cómodo para realizar, no futuro, tratamentos mais complicados.
  • Música ou televisão
    Peça ao seu dentista que coloque a sua música preferida para relaxar e distrair-se, ou caso tenha televisão poderá pedir para colocarem algum programa para entreter ou até usar o seu telemóvel ou ipad.

Evite o medo de ir ao dentista com visitas frequentes e com atitudes mais positivas que aumentem a sua saúde oral.

Ansiedade ao comer

O hábito de comer de forma desenfreada, sem sentir fome, está associado a questões emocionais ou em alguns casos, pode acontecer o oposto, perder a fome.
Quando isto acontece com muita frequência, gera sofrimento e prejuízos físicos e mentais.

É importante que trabalhe a sua mente, é fundamental compreender os gatilhos da ansiedade e estabelecer as estratégias de controle através de um psicólogo ou/e de uma nutricionista.
Recomenda-se também a prática de exercícios físicos e atividades relacionadas à atenção, como a meditação e yoga, pois mantém o corpo saudável e ajuda na produção de endorfina e no controle da ansiedade.

Ansiedade social

Esta é provavelmente a ansiedade menos conhecida, mas que pode ser a mais preocupante.
A perturbação de ansiedade social (ou fobia social) refere-se ao nervosismo ou desconforto em situações sociais e causa medo de poder fazer alguma coisa que possa ser embaraçoso ou ridículo, ou na qual possa causar má impressão, ou que possa ser julgada, criticada ou avaliada negativamente.

De todos os tratamentos disponíveis, a terapia cognitivo-comportamental (CBT) tem-se mostrado o melhor tratamento para a fobia social e que se baseia nas seguintes dicas:

  • Aprender a controlar os sintomas físicos da ansiedade através de técnicas de relaxamento e exercícios respiratórios.
  • Aprender a modificar os pensamentos negativos que provocam ansiedade em situações sociais.
  • Enfrentar o medo de uma maneira gradual (sempre à sua medida) e sistemática

É possível controlar a ansiedade sem medicamentos?

Sim, é possível, como já descrevemos na questão anterior, ter ansiedade faz com que o teu corpo produza uma reação psicofisiológica de ativação intensa do sistema nervoso central e de todo o organismo e aparece quando tem de agir numa situação que exige um grande esforço ou de stress e serve para reagir e fazer frente a uma ameaça ou perigo que está a ocorrer no presente ou que pode surgir no futuro.

Graças a esta reação fisiológica intensa provocada pela ansiedade, sentimo-nos preparados para agir de uma forma rápida perante a situação. Pode ser um exame de condução, uma entrevista de trabalho ou mesmo um momento de emergência em que é preciso agir com grande rapidez.

Este tipo de ansiedade é natural, saudável, necessária e não a podemos eliminar, saiba mais informações neste artigo sobre como tratar a ansiedade.

A forma como vê e interpreta as coisas que lhe acontecem vai determinar se a ansiedade está a ajudar ou se se está a transformar num problema que pode, muitas vezes, resultar num transtorno.

Se sofre de ansiedade, certamente presta atenção aos sintomas físicos, mas devia começar a analisar também a sua forma de pensar.

Os sintomas físicos são uma consequência dos seus pensamentos: de acordo com a forma como pensa a respeito de determinada coisa, pode ter ou não ansiedade.

Qual é a relação da dor de barriga com ansiedade?

Embora a ansiedade seja um desconforto do foro psicológico, também pode levar ao surgimento de problemas gastrointestinais, como por exemplo da Síndrome do Intestino Irritável (SII).

A relação entre SII e ansiedade é, definitivamente, uma relação de causa-efeito. Contudo, os sintomas que caraterizam a SII são, sobretudo:

  • dor ou desconforto na zona abdominal;
  • obstipação;
  • diarreia.

Embora uma alimentação equilibrada e a prática do exercício físico contribuam para aliviar estes sintomas, a verdade é que a saúde mental — e mais especificamente os efeitos da ansiedade — desempenha um papel igualmente fulcral na sua manifestação.

Está comprovado que a SII pode ter origem no sistema nervoso e que o stress e a ansiedade são alguns dos seus fatores agravantes.

AnimaFort

Ora, o intestino interfere com o cérebro através de um eixo de comunicação bidirecional que se estabelece entre os dois órgãos. Mais precisamente, a microbiota intestinal (a comunidade microbiana do intestino) acaba por afetar diretamente a estrutura neuronal.

Consequentemente, os microrganismos presentes na microbiota intestinal, podem desencadear doenças psiquiátricas — das principais causas de incapacidade no ser humano — o que muitas vezes se torna evidente pela falta de apetite.

A redução do estado inflamatório do intestino pode também contribuir para diminuir a ansiedade, razão pela qual SII e ansiedade são problemas que andam sempre lado a lado.

Como acalmar essa dor de barriga causada pela ansiedade?

É aconselhável que o tratamento da SII—e das consequências diárias provocadas pela ligação entre SII e ansiedade —atue em duas frentes: na redução dos sintomas físicos e em formas de melhorar a sua saúde mental e a ansiedade.

Por isso, toda a terapia para a SII e ansiedade deve ser feita entre a gastrenterologia e a psiquiatria.

Em primeiro lugar, para resolver os sintomas intestinais da SII é importante:

  • fazer exercício físico com regularidade;
  • ter uma alimentação equilibrada;
  • manter o corpo hidratado;
  • cumprir horários de refeições e de descanso;
  • consultar um médico.

Em segundo lugar, e no que diz respeito à mente, o tratamento da SII e ansiedade deve passar, antes de mais, pela psicoterapia. Poderá, contudo, passar também pela toma de medicação segundo a prescrição e o aconselhamento médico adequados.

Probióticos ao serviço da SII e da ansiedade

Os probióticos são considerados bactérias «boas» por contribuírem para o bom funcionamento intestinal e por ajudarem a combater bactérias prejudiciais ao seu organismo.

Tente atenuar a fúria da SII e a ansiedade com a alimentação.

Os alimentos com probióticos são:

  • iogurtes e quefir;
  • pickles;
  • leites fermentados e alguns tipos de queijo.

Controlando a microbiota intestinal, os probióticos ajudam a regular a resposta imunológica ao nível do trato gastrointestinal.

Assim, são também uma forma alternativa de aliviar os sintomas da SII e, consequentemente, uma forma de melhorar o impacto do binómio SII e ansiedade.

O poder da suplementação

Os probióticos estão no mercado também sob a forma de suplementos alimentares, como é o caso do EMITIUM® Intestinal — um suplemento que também inclui extrato de alcachofra, vitamina B1, B6, B9, B12, biotina, vitamina A, K2, D3 e zinco.

O seu objetivo é promover o bom funcionamento do intestino, evitando doenças que possam interferir com o conforto do dia a dia.

Assim, se sofre de SII e se SII e ansiedade são problemas que frequentemente o incomodam saiba que EMITIUM® Intestinal o pode ajudar a melhorar os problemas intestinais.

ansiedade

3 dicas para conseguir controlar a ansiedade

Já todos sabemos que a ansiedade é um dos problemas mais comuns deste novo século. O ritmo de vida elevado e as exigências profissionais produzem desequilíbrios no seu organismo.
No entanto, não deve desesperar: é essencial manter a calma e criar hábitos que possam atenuar o problema — com estas preciosas dicas para controlar a ansiedade.

Medite

Este hábito milenar tem ganho cada vez mais adeptos. E não é para menos: existem estudos científicos que indicam que a meditação não só reduz o stress e outros transtornos, como também permite que o nosso cérebro esteja em melhores condições para raciocinar.

No fundo, o importante é reservar alguns minutos do seu dia para se “desconectar” do mundo, prestando mais atenção ao seu interior.

Deve estar alerta e saber detetar todos os momentos em que se sente ansiosa/o, com raiva, angustiada/o ou outros sentimentos menos bons.

Aprenda a controlar a sua respiração

A respiração correta e consciente é essencial!

Sabia que, se respirar convenientemente, vai conseguir enfrentar o seu dia atarefado com mais calma e de forma relaxada?
Sim, é verdade e está cientificamente comprovado.

Quando se concentra na respiração consegue equilibrar o seu sistema nervoso e consequentemente diminuir consideravelmente a ansiedade.

Mas como é que se respira de uma forma correta?
Há muitas técnicas e exercícios para melhorar a respiração, mas o mais importante é usar o seu diafragma ao invés do tórax, como tantas pessoas fazem.
A respiração deve ser mais lenta e pausada do que o normal, expandindo longamente e contraindo profundamente o abdómen.

Outra dica importante para controlar a ansiedade é fazer uma série de alongamentos.
No fim de fazer esse exercício, o seu corpo e mente estarão muito menos tensos, livres do stress de um dia de trabalho ou de outro problema.

Durma bem

A terceira dica para controlar a ansiedade está diretamente relacionada com um descanso de qualidade. Claro que um sono reparador é essencial para uma vida saudável.
Note que, se sentir que está ansioso ou preocupado com alguma coisa, não conseguirá ter uma boa noite de sono e, se não descansar corretamente, acumulará cansaço e nervosismo.

AnimaFort

Se além de tudo isto, ainda quer algo que ajude a combater a sua ansiedade (e tonturas) de forma 100% natural, também pode recorrer a alguns suplementos naturais, como o AnimaFort MULTI®

O AnimaFort MULTI® é um suplemento natural feito à base de extrato secos de açafrão, magnésio, vitamina B6, B12, etc.
Sem glúten, lactose ou açúcar adicionado, este é um suplemento que ajudará a controlar os seus sintomas da ansiedade e stress e a recuperar o seu bom humor.

Veja aqui as opiniões sobre
AnimaFort MULTI® e EMITIUM® Intestinal

Se gostou deste artigo, veja também, estes e outros temas, no Facebook e no Instagram.

Siga as nossas redes sociais:

EMITIUM® Intestinal: Facebook e Instagram

AnimaFort MULTI®: Facebook e Instagram

  • Artigos
imagem do autor
Licenciada em Marketing

Licenciada em Marketing e um curso em Design Gráfico.

Experiência em marketing digital, social media, newsletters, copywritting, Facebook ads, Adobe Photoshop, Indesign, illustrator e canva.

Linkedin: Sónia Ramos Moreira

Formação

- Licenciatura em Marketing - 2007 a 2010 IPS-(ESCE) - Escola Superior de Ciências Empresariais
- Curso de Inglês (B-Learning) - 2012 Centro "Wall Street lnstitute"
- Curso de Formação (CAP) - 2010 Pedagógica Inicial de Formadores Academia de Formação ATEC
- Curso Completo Microsoft Excel - 2019 Online - Udemy (Certificado)
- Curso Design Gráfico Completo - 2020 Online - Udemy (Certificado)
- Curso de espanhol para Iniciantes - 2021 Online- Udemy (Certificado)

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

  • Laboratórios NIAM, Espanha
    Marketing Digital- Gestora de redes sociais - Abril 2021 até ao momento.
  • Grupo Bacalhôa, Vinhos de Portugal, Azeitão - Analista de Vendas 2020 / Marketing e Marketing Digital - Novembro 2018-2020.
    - Gestão e criação de conteúdos de canais de comunicação (site/ redes sociais).
    - Idealização, organização e participação em eventos, feiras do setor, lançamento de produtos.
    - Criação de portfólio de produtos e respetivas fichas técnicas.
    - Pesquisa de mercado e análise de métricas nas redes sociais.
    - Gestão de Merchandislng.
  • Holos, MonteDaCaparica, Almada
    Comunicação Interna
  • Estágio curricular / iZi, MestreMaco, Seixal - Departamento de Publicidade.
    - Sector de Distribuição ao Nível do Produto.
    - Bricolage,Decoração e Jardim.
    - Cadeia de Lojas a nível Nacional e Ibérico.

Somos um laboratório fundado em 2014, com o objetivo de contribuir para o bem-estar das pessoas através de produtos 100% naturais de alta qualidade e avaliados por milhares de clientes.

Nossa equipa de profissionais, altamente capacitados, possuem uma larga experiência na criação e distribuição de produtos que melhoram o dia a dia de milhares de pessoas de forma natural.

COMO POSSO ENCOMENDAR ANIMAFORT MULTI®?

Online 300 509 108

cruz farmaciaNa sua farmácia com o Código Nacional Português: 6330522.

*De segunda a sexta-feira das 8 às 16h (telefone fixo nacional)

banner animaFort circulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.